Dicas Para Computeiros: POSCOMP, vai encarar?

Porra! Nem Dijkstra, Tanembaum, Cormem, Turing e Knuth juntos fazem esta prova. (Redator da Prova do POSCOMP).

— Desciclopédia

E aí computeiros de plantão, já ouviram falar na Prova POSCOMP? Se você é estudante na área da Computação  e pretende continuar seus estudos, procurando futuramente uma pós-graduação, mestrado por exemplo, é para este exame que deves lançar sua atenção. Agradeço ao meu prof. Jean Arouche, pela dica deste artigo.

Este artigo é uma recompilação de muitos outros que encontrei pela web afora, tendo sua maior parte sido extraída do site da Organizadora do Exame a SBC (Sociedade Brasileira de Computação).


SBC – Sociedade Brasileira de Computação

É uma sociedade científica que fomenta e desenvolve pesquisa científica na área da Ciência da computação no Brasil.

A SBC faz parte da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da International Federation for Information Processing (IFIP). A instituição também é sócia do Centro Latino-americano de Estudios en Informatica (CLEI) e afiliada à IEEE Computer Society.

São finalidades da SBC:

  • Incentivar atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento em computação no Brasil;
  • Zelar pela preservação e aprimoramento do espírito crítico, responsabilidade profissional e personalidade nacional da comunidade técnico-científica que atua no setor de computação no país;
  • Ficar permanentemente atenta à política governamental que afeta as atividades de computação no Brasil, no sentido de assegurar a emancipação tecnológica do país;
  • Promover anualmente, enquanto for de interesse da SBC, o Congresso anual da Sociedade;
  • Promover por todos os meio academicamente legítimos, através de reuniões, congressos, conferências e publicações, o conhecimento, informações e opiniões que tenham por objetivo a divulgação da ciência e os interesses da comunidade de computação.

POSCOMP

O POSCOMP é uma forma de mostrar que o martírio da Ciência da Computação não foi nada perto da frustração de ter que chutar 80% das questões em uma única prova. — Desciclopédia

É um exame nacional organizado pela SBC cujo objetivo é avaliar e nivelar o conhecimento de seus candidatos para Universidades e outras Instituições de Ensino que possuem programas de pós-graduação em Computação no Brasil. Por exemplo, se estás pretendendo continuar os estudos, entrando para um Mestrado, é por essa prova que você deve começar!

A grande maioria dos Programas de Pós-Graduação no País utiliza, de alguma forma, o resultado do POSCOMP em seu processo seletivo. Graças ao programa de Inclusão Social da SBC, o candidato não precisa de deslocar de sua região para realizar a prova (a menos que deseje ir para outro estado), só é necessário se deslocar até a sede de cada Universidade em que estiver pleiteando a vaga.

O que difere este exame do Vestibular? Basicamente um vestibular direciona o resultado da prova para alguma instituição específica. Já o exame do POSCOMP abrange todas as instituições a ele vinculadas, de forma que o candidato possa tentar uma vaga em cada instituição, a nível nacional, algo parecido com o ENEM para ingresso em instituições de ensino superior. (Para ver algumas das instituições vinculadas ao programa, clique aqui).

As inscrições para o POSCOMP ocorrem por volta de julho, e a prova é aplicada por volta de setembro. A matrícula para o mestrado abre depois da realização do POSCOMP. As instituições vinculadas ao POSCOMP, são livres para avaliar o resultado de seu candidato da forma que melhor lhe convier. Por exemplo, algumas usam a média geral que o candidato obteve, acrescida de outros exames, talvez internos, para ingressá-lo em seu campus. Outras atribuem diferentes pesos às questões ou temáticas da prova.

Vale a dica que, geralmente, grande parte das Universidades públicas nacionais, exigem que o candidato tenha atingido uma nota maior do que a média nacional para o ano em que realizou o exame, e este ainda não é o único critério de aceite.

Se envolver com a comunidade acadêmica que você deseja trabalhar, pode ser muito importante, visto que alguns casos valem de indicação, somadas com a sua média e conceitos para iniciar a sua pós-graduação.

Algumas Universidades também utilizam a prova como critério de avaliação para a alocação das bolsas de estudos.

Os Programas podem ainda, utilizar outros critérios para seleção dos candidatos, como cartas de recomendação, desempenho do aluno em sua graduação, plano de trabalho proposto para a Pós-Graduação, publicação de trabalhos científicos, experiência profissional. O POSCOMP não configura, portanto, único critério para a seleção dos candidatos nos diversos programas de pós-graduação que utilizam o seu resultado.


Áreas de Conhecimento: O Que Vai Cair na Prova?

A prova avalia três grandes áreas:

  • Matemática (sempre 😉 não é?! );
  • Tecnologia da computação;
  • Fundamentos da computação.

Estas áreas estão divididas em 70 questões de múltipla escolha (20 de Matemática, 30 de Fundamentos de Computação, e 20 de Tecnologias de Computação). Ela é considerada uma prova bastante extensa e muito abrangente, pelo fato de abordar assuntos aprendidos em qualquer etapa do curso de graduação. Por este motivo sua média atinge algo em torno de 30% de acertos a cada ano.

(Dijkstra, Tanembaum, Cormem, Turing e Knuth juntos sobre Poscomp)
“A classe de complexidade dessa prova é NP-difícil-pra-cacete!” – Deciclopédia.

Os candidatos que realizam o Exame têm acesso ao seu resultado, individualmente, bem como a indicação das questões certas e erradas, a média e o desvio padrão.


Dicas de Estudos

Se você tem interesse em realizar este exame, a maior dica que posso lhe repassar é estudar o conteúdo através das questões das provas anteriores, isso ajudará a relembrar matérias que você viu ou está vendo na sua graduação. Outra dica é conferir qual a Universidade que estará elaborando a prova, assim você pode direcionar seus estudos aos assuntos mais abordados por aquela Universidade.

Para repassar melhor algumas dicas, decidi realizar as questões de provas anteriores (Exame de 2015, clique aqui). Algumas questões como as de Programação e SQL, exigem que o candidato praticamente compile e debug o código todo na cabeça.

Olha só, matemática em peso viu?! 😉 Sendo sincero, haviam conceitos que nunca tinha visto.

Cuidado com a interpretação de jargões acadêmicos. Como estou no meio acadêmico diariamente (pois ainda estudo), não tive dificuldades em interpretar os termos e notações principalmente em Lógica Combinacional.  As representações ∧ (AND), ∨ (OR), ⊕ (XOR), ¬ (NOT) caíram em algumas questões, além de conceitos de Conjuntos em Matemática Computacional.

Cuidado com as traduções de termos em inglês para o português, pois em alguns casos podem confundir o candidato.

Gostei da experiência de testar meus conhecimentos atuais em uma prova tão disputada e cansativa. Comparando meu desempenho com o gabarito preliminar, acertei 27 das 70 questões (38%) 🙂

Não foi um bom aproveitamento, claro, mas fiquei feliz por ter acertado a maioria das questões que respondi (é, tiveram algumas que acabei chutando mesmo). Com base no resultado final do ano de 2015, fiquei abaixo da média geral foi 29,1 e o desvio padrão 7,3. gostei da experiência de fazer a prova.

Bem, o que me ajudou bastante na última semana, a finalizar muitas das questões que fiz, foi um aplicativo disponível para Android, que encontrei através de algumas pesquisas em fóruns. No total acabei encontrando 02 (dois) na Loja do Google Play Store. Porém, gostei do “Questões Para POSCOMP” da UFMS Câmpus de Ponta Porã (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul).


Aplicativos de Simulado da Prova

Aviso importante: os aplicativos foram removidos do Google Play Store por motivos desconhecidos.

Testei 02 (dois) aplicativos para plataforma Android (na época deste post), ambos disponibilizados na Loja de Aplicativos do Google, a Play Store.

  • Questões Para POSCOMP: Este software foi desenvolvido pela Fábrica de Software da UFMS Câmpus de Ponta Porã (UFMS/CPPP). O aplicativo possui ainda um simulado, que contém as questões e alternativas, onde o usuário tem um tempo específico para fazer a prova, relativo ao número de questões do simulado, baseado no tempo da prova do POSCOMP.
    • O app foi removido da Google Play Store sem motivos aparentes e por esta razão vou disponibilizar um download alternativo do aplicativo. Você pode baixar através do site APKPURE, que ainda está disponível (clicando aqui). Ou se preferir, disponibilizamos um diretório com os dois “apps para Android” no Dropbox, clicando aqui.
    • A equipe que desenvolveu o aplicativo também disponibilizou um site com mais informações. Além disso, também é possível testar uma versão web de app, chamado de “Poscomp Educacional“. Você pode acessar este site clicando aqui.
  • Play POSCOMP: Este é um mobile game para Android, desenvolvido por Tullyo Araujo, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). A ideia original foi criar um jogo de cunho educacional para os alunos egressos dos cursos de Ciência da Computação e que desejam se preparar para o exame do POSCOMP. É divido em alguns modos de medalhas onde o usuário do sistema terá que desafiar a máquina, no intuito de promover um ensino criativo e auxiliar os estudantes a chegar no mais alto nível de acerto possível.
    • Assim como o anterior, este app foi removido da Google Play Store sem motivos aparentes e por esta razão vou disponibilizar um download alternativo do aplicativo. Você pode baixar através do site APKPURE, que ainda está disponível (clicando aqui). Ou se preferir, acessar nosso diretório com os dois “apps para Android” no Dropbox, clicando aqui.

Vale ressaltar que estes aplicativos não possuem versões mais recentes sendo a última (em ambos) datada do ano de 2015.


Conclusão

Este artigo foi elaborado com o intuito de auxiliar os egressos de Ciências da Computação e suas ramificações, a preparar-se para os exames do POSCOMP, caso estes desejem seguir na carreira acadêmica, seja para um mestrado ou doutorado por exemplo.

Aproveitem as dicas aqui repassadas e se tiver qualquer dúvida, não deixe de comentar logo abaixo desta postagem.

E aí??!! Vai encarar??
Boa Sorte e Bons Estudos!!


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa ou outra matéria? Colabore, clique aqui.

Fontes

Andre H O Santos

Pentester, Especialista em Segurança de Redes e Testes de Invasão, Programador, Consultor e Professor de T.I.. Geek Inveterado, Apaixonado por Segurança da Informação e Louco por GNU/Linux. Dedica grande parte do seu tempo para criar soluções que ajudem dezenas de milhares de pessoas com dicas e artigos em Tecnologia e Segurança da Informação. Possui algumas Certificações em Ethical Hacking, Cabling System, Linux e Administração de Redes.

Você pode gostar...

7 Resultados

  1. Bruno disse:

    Boa tarde, existe algum aplicativo para IOS com questões para o POSCOMP?

    • Prezado Bruno, infelizmente até este momento, desconheço a existência qualquer aplicativo para o POSCOMP, no App Store p/iOS. Se você navegar até a loja da Apple, verá que o resultado das buscas, retornam em nada. No momento, somente para Android mesmo.

      PS.: Obrigado por sua participação!

  2. Anderson disse:

    Prezado André

    Parabéns pelo texto. Estou começando a procurar material para realizar a prova este ano (2018) e confesso que esto tendo dificuldade. Terminei a faculdade em 2001 e ano que vem pretendo ingressar no Mestrado da UFPR. Então confesso que as questão de tecnologia não me assustam tanto (mesmo tendo consciência de que boa parte posso ainda não saber) porém as que me assustam são de matemática, pois apesar de ter sido um bom aluno em Exatas, a mais de 15 anos não uso aquelas famosas fórmulas mágicas de solução de problemas.

    • Wow Anderson, já lhe adianto o seguinte “PARABÉNS”. Digo isso pois muitos que até se formam recentemente não buscam ou não têm interesse em seguir carreira, buscar especialização, pós, mestrado, etc… Embora você tenha concluído há um tempo atrás, o gosto e a intenção se reforçam neste ano. PARABÉNS. Com relação ao POSCOMP, sugiro que se prepare logo desde já, principalmente revisando os conceitos em matemática que você possui mais dificuldade! As inscrições deve estar abrindo este ano, por volta de JUNHO, então fique atento. Outra boa dica é que não necessariamente você precisa tirar mais do que a média nacional. Tirando uma pontuação aceitável pela instituição que desejas ingressar e conhecendo seu futuro coordenador, já são boas chances de iniciar em seu mestrado! 😉

  3. Achei estranho que os aplicativos tenham sido removidos. Será que foi algum problema com a SBC? Tentei entrar em contato com os desenvolvedores, mas não tive sucesso.

    • Primeiro, obrigado por sua interação… Em segundo também achei estranho e para manter um conteúdo acessível a todos, foi por este motivo que disponibilizei links alternativos para download dos apps. Consegui um retorno na página do facebook e o que responderam foi que não puderam (ambos os casos) continuar a dar suporte ao aplicativo, haja visto as várias reclamações pela falta de atualização dos conteúdos e questões. Aparentemente, após estas reclamações optaram por retirar da Play Store, do que permitir que seus usuários continuassem a enviar comentários negativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =