Bancas Examinadoras: FGV

logo_fgvprojetos_azul

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) não segue um padrão nos concursos públicos que organiza e aplica. Ou seja, alguns processos seletivos podem ter provas de concursos públicos complexas e outros podem ser de fácil compreensão, depende do nível de exigência do órgão que solicita o concurso. Geralmente, o candidato deve correlacionar itens da bibliografia que constam no edital, bem como comparar os principais pontos da matéria.

É uma banca que realiza concursos em nível federal, estadual e municipal, além do Exame de Ordem, que ocorre três vezes ao ano para os bacharéis em Direito que pretendam se tornar advogados.

Provas

As provas costumas ser de múltipla escolha, na qual requerem que o candidato assinale a alternativa correta, dentre cinco opções de resposta. A prova de Português contém algumas questões do Manual de Redação da Presidência e o restante está equilibrado entre interpretação de textos e gramática. De modo geral, a FGV cobra nomenclaturas em suas questões de provas.

Com relação às disciplinas de Direito, alternam questões complexas com outras fáceis, sendo a grande maioria texto de lei, porém, não dá para deixar de lado o conhecimento doutrinário, pois pode aparece nas provas.

A Fundação Getúlio Vargas não costuma realizar um grande número de concursos públicos por ano, mas aplica concursos federais que concentram grande quantidade de candidatos por seleção. As provas, tradicionalmente, contêm longos textos que podem ser cansativos aos menos preparados. Da mesma forma, as provas costumam cobrar itens que estavam no rodapé dos livros. Por isso, estude cada matéria do concurso de forma abrangente, cobrindo todos os itens do edital; mesmo que, aparentemente, sejam supérfluos.

Dificuldade

  • A complexidade varia conforme o nível de escolaridade, cargo e instituição. A FGV, em alguns concursos, traz questões relacionadas ao dia-a-dia do cargo. Tenha atenção neste ponto.
  • É uma banca que cobrará todo o conteúdo do edital, não dá para deixar de ler nada.
  • Muitas das questões, principalmente em Português, trazem textos longos, o que pode tornar a prova cansativa, esteja preparado.

Fontes:

  1. Alfa Concursos
  2. Ok Concursos

Andre H O Santos

Pentester, Especialista em Segurança de Redes e Testes de Invasão, Programador, Consultor e Professor de T.I.. Geek Inveterado, Apaixonado por Segurança da Informação e Louco por GNU/Linux. Dedica grande parte do seu tempo para criar soluções que ajudem dezenas de milhares de pessoas com dicas e artigos em Tecnologia e Segurança da Informação. Possui algumas Certificações em Ethical Hacking, Cabling System, Linux e Administração de Redes.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − onze =